Projeto empreendedor – marcas que vendem

Tempo de leitura: 4 minutos

Se você quer montar o seu projeto empreendedor invista tempo para construir sua marca emocional.

Com tantas opções de oferta e centenas de marcas sendo lançadas todos os dias, como diferenciar o seu negócio?

Saiba que Marketing não é uma batalha de produtos, é uma uma batalha pela percepção do consumidor.

A percepção é uma realidade que foi construída na mente do cliente.

Portanto, o seu desafio é desenvolver um projeto empreendedor com uma marca que fortaleça a sua proposta de negócio.


Leia também: Marketing Pessoal – como construir a sua marca [ artigo ]

Entenda o desafio para saber qual é a emoção certa para trazer clientes ávidos por consumir os seus produtos e serviços.

em uma loja, vendedora apresenta uma bolsa para uma cliente que fica impressionada

Mas, como criar uma marca emocional?

Conheça a seguir os mandamentos para construir projetos empreendedores com marcas que vendem:

1. o consumidor transformando-se em uma pessoa;

As empresas pensam o consumidor dentro de um jogo, onde o desafio é arrastá-lo para o seu negócio; ao invés disso, você pode tratá-lo como um aliado para transformar o seu negócio da maneira como ele deseja, sente-se bem e pode contribuir.

2. o produto transformando-se em uma experiência;

As empresas perseguem variações de produto para atender necessidades cada vez mais distintas, essas novidades acontecem dentro de um mesmo conceito; ao invés disso, tente mudar a experiência de consumo.

Produtos suprem necessidades, as experiências suprem o desejo.

3. a honestidade transformando-se em confiança;

Aquelas empresas que julgam-se honestas deveriam entender que isso é uma exigência mínima; ao invés disso, você precisa conquistar a confiança.

Quando houver confiança, a relação de consumo será única e leal.

4. a qualidade transformando-se em preferência;

Atender o mercado com qualidade pode parecer um diferencial, mas é básico; ao invés disso, pense em como conectar o cliente para que você seja sempre o preferido em seu segmento.

consumidora com o celular na mão e na outra uma sacola, em um fundo verde

5. o notório transformando-se em inspiração;

Ser notado e visível é uma excelente ambição; ao invés disso, porque não inspirar seu público com algo que dê orgulho e possa ser um exemplo para todos.

6. a identidade transformando-se em personalidade;

Empresas podem ser identificadas pelo seu nome de marca, pelo seu mascote ou até mesmo pelas cores, fontes e linguagem utilizada nas mensagens com seu público; ao invés disso, porque não fortalecer o seu jeito de ser e seus valores para o consumidor.

7. a função transformando-se em sensação;

Empresas trabalham para que seus produtos tenham utilidade na vida do usuário; ao invés disso, porque não ampliar o valor dos produtos para que a experiência seja maior do que apenas ser algo útil.

8. o físico transformando-se em presença;

Produtos e serviços físicos podem não ser o suficiente para garantir a conexão com a marca; ao invés disso, o seu negócio poderá trazer o bem estar por fazer parte do ambiente do cliente, isto é, ter presença.

9. a comunicação transformando-se em diálogo;

Empresas preocupadas em transmitir informação de seus produtos e serviços estão com os dias contados; ao invés disso, procure envolver o cliente, trazê-lo a participar das suas novidades, o diálogo é bidirecional.

10. o serviço transformando-se em relacionamento;

Estar pronto para oferecer um serviço agregado é um comportamento passivo para quem deseja fidelidade e satisfação; ao invés disso, que tal buscar um relacionamento verdadeiro com seu cliente.

Estas transformações que relacionei fazem parte de uma mudança na forma de construir marcas.

banner apresentando artigo Dicas para empreendedores - com a foto de um homem de costas olhando para o horizonte

Voltando ao nosso tema, você tem duas opções à respeito de gestão de marcas:

  1. construir uma marca para chamar de sua que não conecte com seus usuários e também não faça diferença;
  2. construir uma marca emocional, utilizando as transformações que listei acima;

A diferença estará no crescimento sustentável de seu negócio, na lucratividade e principalmente na perpetuidade da sua marca.

Uma curiosidade, quando falamos de marcas que que conectam, os programas de franquias são excelentes casos de desenvolvimento de marcas, saiba mais sobre isso.

Banner apresentando o artigo Franquias de Sucesso, com uma imagem de lojas em um diagrama.

No banner acima você tem um artigo completo abrangendo questões sobre franquias, os prós e contras de investir neste negócio.

Análise final sobre um bom projeto empreendedor:

Construir marcas é desafio muito importante para um projeto empreendedor.

A marca bem definida, será o seu maior legado para se destacar em um mercado tão pulverizado e tão igual.

As principais categorias de negócio já estão ocupadas por grandes empresas, portanto, a diferenciação através de uma marca consistente e bem cuidada é o seu futuro.

Uma marca que merece respeito e atenção depende de envolvimento do empreendedor.

E seu negócio é a sua marca. Acredite nisso, invista tempo e dinheiro na sua marca e você chegará longe em suas iniciativas.


Apenas uma pergunta:

Se você for começar um negócio, qual o primeiro passo a ser dado para criar uma marca?

Faça sua consideração nos comentários deste artigo que terei o prazer de contribuir com isso.


Um abraço,

Rodrigo.

OBS: Clique na figura abaixo e conheça meus cursos online, tenho alguns gratuitos para que você alimente o seu conhecimento. Use 30 segundos para isso.

Desenho de um voucher de cia aérea com as credenciais para acesso aos cursos online de Rodrigo M

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + 2 =