Curso de Empreendedorismo? Acerte na mosca.

Tempo de leitura: 4 minutos

Curso de empreendedorismo? Acerte na mosca.

Você sabe de onde vem o termo “acertar na mosca”? Essa expressão é tipicamente brasileira, que significa: acertar algo em cheio.

Acertar na mosca exige atenção e principalmente a dose certa na ação para acertá-la.

Agora deixando as moscas de lado, ahahaha, vamos falar sobre o que interessa?

boneco em cima de uma escada desenhando um gráfico de crescimento

Se você quer fazer um curso de empreendedorismo, você precisa de atenção e principalmente fazer a escolha certa do curso.

Há muitas opções no mercado, mas como escolher o melhor curso para você?

É esta a dica que eu quero te dar neste artigo.

Eu sou um empreendedor, montei um negócio há quase 20 anos atrás, passei por muitas situações difíceis e continuo empreendendo.

Se eu voltasse esses 20 anos, que tipo de aprendizagem eu poderia buscar para que meu caminho fosse mais fácil hoje?

Eu precisaria de um curso de empreendedorismo que me ajudasse:

#1. a entender por onde começar;

#2. a entender se meu momento seria o ideal para iniciar um projeto;

#3. a mostrar os impactos de uma ideia mal executada;

#4. a ter uma visão realista das dificuldades que eu iria encontrar;

#5. a entender o tempo real que eu ia levar para atingir um patamar financeiro razoável para sustentar a minha vida;

#6. a me fortalecer nas horas mais difíceis;

Então, a minha dica “master” agora: um curso de empreendedorismo poderá ser melhor aproveitado se você tiver um conselheiro sênior.

duas bonecas, falando no escritório com uma lâmpada no meio representando uma ideia

Como você é um jovem empreendedor, e está em busca de uma realização pessoal e profissional, entenda que o segredo dos bons negócios está em conhecer ferramentas de gestão, e principalmente ser um solucionador de problemas.

Para solucionar problemas, nada melhor do que compartilhar suas causas com quem já viveu coisas parecidas com a sua realidade.

Um conselheiro sênior, é uma peça importante para complementar o seu aprendizado.

Eu sei que você tem iniciativa e está cheio de energia para começar a empreender, mas este conselheiro irá poder esclarecer os impactos dos caminhos que hoje você não vê.

Um conselheiro é alguém que gosta de você, que acredita em você e que está disposto a doar seu conhecimento sem nada em troca.

Sobre o seu conselheiro:

  • O conselheiro poderá contribuir em qualquer tipo de discussão que você tenha, sobre suas ideias e projetos.

  • O conselheiro poderá ajudá-lo a economizar etapas em seu caminho.

  • O conselheiro irá acalmá-lo quando necessário e quando você se deparar com problemas que parecerão impossíveis de serem superados.

  • O conselheiro será fundamental quando você for aplicar o curso de empreendedorismo.

Então se você quer acertar na mosca, antes de iniciar o seu curso, procure um conselheiro e faça o convite da seguinte forma:

“estou planejando iniciar um negócio, mas ainda estou no começo deste caminho, a sua experiência é muito rica, o que acha de eventualmente me aconselhar sobre situações que virão quando tudo começar?”

Se a resposta for sim, agradeça e peça referências de livros que você não pode deixar de ler.

dois bonecos embaixo de um guarda-chuva

Depois disso, pesquise sobre os cursos que estão disponíveis no mercado, selecione alguns, e em outra oportunidade apresente os cursos para o seu tutor.

Monte uma tabela comparativa contendo: nome do curso, investimento, carga horária, professor, experiência do professor e conteúdo programático.

Aqui vai outra dica master minha: procure cursos online.

Hoje em dia, há muitos cursos online (Ensino a Distância), estes cursos são rápidos, com conteúdos interessantes e muito acessíveis.

boneco segurando um tablet do tamanho dele

Eu tenho cursos que montei na plataforma Udemy, se você quiser dar uma espiada, clique no link: Cursos de Rodrigo Miranda. Alguns deles são gratuitos (comece por estes).

Uma das formas de não errar o curso de empreendedorismo é entender quem é o instrutor.

#1. conheça o histórico profissional do professor;

#2. veja se há recomendações de alunos sobre o conteúdo e avaliação;

#3. pesquise sobre o número de alunos que o professor ministrou o conteúdo;

#4. assista algum vídeo demonstrativo sobre conteúdos;

Além de um bom conselheiro, de um bom instrutor e de um bom curso, crie um hábito de ler artigos sobre empreendedorismo, marketing e negócios.

Veja menos televisão, desconecte um pouco das redes sociais e agregue conteúdo ao seu conhecimento desde já.

Tenho alguns artigos do meu site para construir desde já essa nova caminhada: Se você tiver com a corda no pescoço [ artigo ]Diferença entre ideias e oportunidades [ artigos ]Sites de Empreendedorismo [ dicas úteis ]Empreendedorismo para Iniciantes [ artigo ]

Espero ter contribuído com suas pesquisas, um abraço, Rodrigo.

Fotografia de Rodrigo Miranda em preto e branco com um coração vermelho grande

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 3 =